Pianista Olga Prats homenageada no 52.º Festival de Sintra em maio

A pianista Olga Prats é homenageada na abertura do 52.º Festival de Sintra.

 O Fesrival que se realiza de 05 a 27 de maio, neste concelho, inclui no cartaz, Wim Mertens e Mário Laginha, foi também hoje divulgado.

O Palácio Nacional de Sintra e o Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, a Quinta da Piedade, em Colares, e o Palácio de Queluz, nesta cidade, são os palcos do certame, dirigido artisticamente pelo pianista Adriano Jordão.

O festival inclui o ciclo “Sons da Rua”, nos dias 20 e 21 de maio, que promove concertos “nas ruas, praças e jardins do município, democratizando o acesso aos mais variados públicos”, segundo nota da organização enviada à agência Lusa.

No âmbito dos “Sons da Rua”, tocam, entre outros, as bandas filarmónicas Os Aliados e a de S. Bento de Massamá, no Jardim da Correnteza, em Sintra, estando ainda previstas atuações na Volta do Duche, rua Heliodoro Salgado, Terreiro Rainha D. Amélia, Estação de Comboios e nos Paços do Concelho.

A homenagem à pianista Olga Prats, de 78 anos, que foi colaboradora próxima do compositor Fernando Lopes-Graça, no Centro Cultural Olga Cadaval, abre no dia 05 de maio o festival e conta com a participação, entre outros, do compositor António Victorino d’Almeida, do pianista Artur Pizarro e do contrabaixista Alejandro Erlich-Oliva.

Olga Prats concluiu em 1957 o curso de piano do Conservatório Nacional e ao longo da sua carreira privilegiou a música de câmara, destacando a produção contemporânea. Além de Lopes-Graça, foi também colaboradora próxima de outros compositores, como Constança Capdeville e Victorino d'Almeida. Todos lhe dedicaram peças e a pianista estreou várias composições suas.

Tendo também lecionado, nomeadamente no Conservatório nacional e na Escola Superior de Música de Lisboa, Prats foi uma das fundadoras do Opus Ensemble, em 1980, e do ensemble de teatro musical Grupo ColecViva, em 1975.

A homenagem à pianista ocorre precisamente 65 anos após a sua estreia, aos 14 anos, no Teatro Municipal S. Luiz, em Lisboa, a 05 de maio de 1952.

O segundo recital da programação é protagonizado pelo compositor, contratenor, pianista, guitarrista e musicólogo belga Wim Mertens, no dia 06 de maio, também na sala Olga Cadaval, e no dia seguinte toca na Quinta da Piedade a pianista brasileira, Lígia Moreno, que se estreia em Portugal.

Na segunda semana do festival estão previstos, entre outros, os recitais do pianista russo Vladimir Viardo, que foi aluno de Irina Naumova, no dia 12, na sala do Trono do Palácio de Queluz, e de Anna Malikova, do Usbequistão, no dia seguinte no auditório Acácio Barreiros do Olga Cadaval; também neste dia e neste centro cultural, mas no auditório Jorge Sampaio, atua o pianista Mário Laginha com as orquestras escolares de Sintra, “para partilhar a sua visão da música portuguesa”.

O acordeonista Richard Galliano e o quarteto de cordas Hugo Wolf Quartet são outros nomes do cartaz do festival, com atuações previstas, no dia 21 de maio, respetivamente na sala do Trono, do Palácio de Queluz, e na sala dos Cisnes do Palácio Nacional de Sintra.

Da programação fazem também parte os pianistas Kristina Miller-Koekert e Gottlieb Wallisch, e a Banda Sinfónica do Exército, sob a direção do maestro Artur Duarte Cardoso, que encerra o Festival, em Queluz, num concerto que conta com o Coro Lisboa Cantat, sob a direção de Jorge Alves, do tenor Pedro Rodrigues, a soprano Carla Simões, e o barítono Diogo Oliveira.

O Festival de Sintra é um dos festivais mais antigos do país, que em edições anteriores contemplou também a dança.

Fonte:Lusa

Last modified onsegunda, 10 abril 2017 16:29

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Jorge Palma e Blind Zero entre os nomes …

Jorge Palma, Blind Zero, Linda Martini e os Legendary Tigerman são as principais apostas da 16.ª edição do festival Sons do Vez que vai decorrer em fevereiro e março, em...

05-01-2018 Hits:31 Noticias Da Música

Read more

Uma central de biomassa residual, será i…

Uma central de biomassa residual, que vai permitir reduzir os lixos depositados em aterro, será instalada no Eco Parque do Relvão, na Carregueira no concelho da Chamusca.

05-01-2018 Hits:26 Noticias Regionais

Read more

Vila Franca apresenta a 9.ª Edição do Pr…

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, em parceria com a ValorSul, vai assinalar o lançamento da 9.ª Edição do Projeto “Brigada do Amarelo”.

05-01-2018 Hits:34 Noticias Regionais

Read more

2018: Próximo ano é decisivo para avanço…

A descentralização de competências para as autarquias terá uma oportunidade decisiva em 2018, com a ‘bênção’ do Presidente da República, que notou ser “um ano bom” para uma reforma que...

18-12-2017 Hits:52 Notícias Nacionais

Read more

2017: O ano em que Portugal venceu o Fes…

O ano de 2017 fica para a história como aquele em que Portugal venceu pela primeira vez o Festival Eurovisão da Canção, com uma música e um intérprete que não...

18-12-2017 Hits:56 Noticias Da Música

Read more

Parte das receitas de álbum de estreia d…

O DJ português Overule edita na quinta-feira “It’s Not Over”, o seu álbum de estreia, com parte das receitas das vendas a reverterem para os bombeiros portugueses.

18-12-2017 Hits:36 Noticias Da Música

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.