“Os Dias da Madredeus” reeditado em vinil e CD com o alinhamento original

O álbum “Os Dias da Madredeus”, do grupo Madredeus, vai ser reeditado a 10 de novembro, 30 anos após a sua edição original, em vinil e CD, numa “edição limitada”, anunciou hoje a discográfica Warner Music.

Madredeus 01

“O primeiro álbum dos Madredeus, ‘Os Dias da Madredeus’, vai ser publicado num duplo LP de vinil e num CD simples de edição limitada fac-similados, que reproduzem ao pormenor o luxuoso LP original de 1987 e repõem na íntegra o alinhamento original”, afirma a discográfica em comunicado.

A nova edição é “o primeiro verdadeiro restauro sonoro que ‘Os Dias da Madredeus’ vê em 30 anos, desde o lançamento original em 1987”.

“Pela primeira vez, a edição em CD repõe a íntegra dos 16 temas do alinhamento original do LP. Em 1987 a tecnologia limitava um ‘compact-disc’ aos 70 minutos de música, o que implicou que, para caber num único CD, ‘Os Dias da Madredeus’ fosse amputado de um tema”, tendo ficado de fora “A Estrada do Monte”, que passa a incluir o novo CD.

A discográfica recorda que a primeira tiragem de ”Os Dias da Madredeus” esgotou rapidamente e a canção “A Vaca de Fogo” tornou-se “num êxito”, tendo os Madredeus, liderado por Pedro Ayres Magalhães, sido “o grupo revelação do ano”.

O disco foi assinado individualmente pelos cinco membros do grupo – Pedro Ayres à guitarra clássica, Rodrigo Leão ao teclado, Gabriel Gomes ao acordeão, Francisco Ribeiro ao violoncelo e Teresa Salgueiro na voz.

O título do LP referia-se ao bairro lisboeta da Madre de Deus, junto ao convento sob essa invocação, onde ficava o Teatro Ibérico, que era a sala de ensaios do projeto.

“Pelo facto do álbum aí ter sido gravado ao longo de três dias, a 28, 29 e 30 de julho de 1987”, o bairro deu o nome ao grupo.

“Na verdade, ‘Os Dias da Madredeus’ foi gravado de madrugada, inteiramente ao vivo, com um gravador digital de duas pistas, depois dos elétricos deixarem de passar e com os músicos a tocar descalços em cima de almofadas. Não houve pós-produção e todas as misturas foram feitas no momento durante cada ‘take’”, refere a Warner Music.

A nova edição, quer em LP quer em CD, reproduz o arranjo gráfico original da pintura de José Alexandre Gonefrey.

Pedro Ayres Magalhães fazia parte dos Heróis do Mar e Rodrigo Leão dos Sétima Legião, tendo criado os Madredeus como “’um grupo de música portátil’, que pudesse viajar facilmente pelo mundo com instrumentos acústicos”.

Fonte:LUSA

Last modified onterça, 31 outubro 2017 09:31

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Musical "A Conquista", dia 5 M…

"A Conquista" é um musical com múltiplas vertentes, um tributo à música Portuguesa e a tudo o que de melhor ela tem. É uma homenagem aos grandes cómicos portugueses e ao bom teatro...

26-04-2018 Hits:159 Passatempos

Read more

Fado ao cair da noite

De 2ª a 6ª às 20 horas, o fado toma conta da Ultra FM, de Lisboa ao Porto passando por Coimbra, os novos valores e os grandes nomes do Fado...

20-04-2018 Hits:128 Programas

Read more

Regresso a Casa

Todos os dias no seu regresso a casa, nada melhor que ter a boa companhia da Ultra Fm, no final de tarde mais tranquilo da Grande Lisboa. Segunda a Sexta das...

20-04-2018 Hits:115 Programas

Read more

Ultra Músicas

Sábado ao final da tarde, a UltraFM apresenta as novas produções musicais da semana com sonoridades menos pop...

20-04-2018 Hits:154 Programas

Read more

Eu Saio na Próxima e Você?

Já chegou a nova produção de Filipe La Féria - "Eu Saio na Próxima e Você?"

20-04-2018 Hits:129 Passatempos

Read more

Janita Salomé apresenta "Valsa dos …

É já esta 6ª feira, 20 de Abril que Janita Salomé apresenta o seu novo álbum de originais “Valsa dos Poetas”, com o selo da PontoZurca.

20-04-2018 Hits:106 Noticias Da Música

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.