Empresa de Vila Velha de Ródão reinicia laboração após resolver questões ambientais

A empresa Cetroliva, de Vila Velha de Ródão, reiniciou a laboração, após a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) verificar que estão salvaguardadas as emissões poluentes para a atmosfera, foi hoje anunciado.

"Na sequência do términos dos trabalhos da instalação dos filtros de manga nas duas caldeiras e, a requerimento do operador dado que estavam salvaguardas as medidas para a prevenção e controlo das emissões de poluentes para a atmosfera, foi determinado em 05 de maio de 2017, pela CCDRC, a cessação das medidas cautelares de encerramento parcial", refere em comunicado a Comissão de Coordenação.

A empresa de Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, dedica-se à produção de energia elétrica a partir da combustão de biomassa e possui para o efeito duas caldeiras.

Na sequência da constatação de vários incumprimentos pela empresa, nomeadamente falta da monitorização das emissões e do respeito pelos valores limite de emissão, a CCDRC determinou em 10 de março deste ano, o encerramento parcial da laboração da instalação e procedeu à selagem das duas caldeiras, tendo em conta "o perigo grave" para o ambiente e para a saúde pública.

No documento enviado à agência Lusa, a CCDRC explica que "a unidade [fabril] não tinha instalados sistemas eficientes de tratamento das emissões para a atmosfera" e adianta que, desde então, a empresa procedeu à instalação de filtros de manga nas duas caldeiras e a um conjunto de melhorias que permitem o controlo e tratamento dos efluentes gasosos das duas chaminés.

Após a finalização dos trabalhos cuja fiscalização foi acompanhada pela CCDRC, o operador iniciou a laboração das caldeiras, que terá um período de uma a duas semanas de estabilização e afinação de todos os sistemas de operação e controlo de emissões atmosféricas.

"A situação está a ser monitorizada pela fiscalização da CCDRC de forma assídua, constatando-se desde já melhorias significativas por mera observação do penacho das chaminés. Igualmente não têm sido detetadas emissões de odores do funcionamento desta unidade, que aliás não são esperadas", lê-se no documento.

Assim que as caldeiras estejam com o seu funcionamento estabilizado, vai ser realizada uma caracterização das emissões atmosféricas das duas chaminés, para verificação do cumprimento dos valores limite de emissão.

A CCDRC adianta que, quando estiver na posse dos resultados dessa caracterização, "fará uma nova avaliação da situação e, se necessário, serão adotadas medidas com vista a evitar ou reduzir a níveis aceitáveis a poluição atmosférica originada nesta instalação".

Fonte:Lusa

Last modified onquarta, 10 maio 2017 16:27

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Outras Informações

Festival Bons Sons completa cartaz com J…

O músico José Cid vai apresentar, a 13 de agosto, no festival Bons Sons, em Cem Soldos (Tomar), o álbum de rock progressivo "10.000 anos depois entre Vénus e Marte...

23-05-2017 Hits:14 Noticias Da Música

Read more

Foi renovada a parceria entre a CM Vila …

Na passada 2ª feira, 22 de maio foi assinado, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, o protocolo para apoio a famílias carenciadas do Concelho de...

23-05-2017 Hits:19 Noticias Regionais

Read more

Câmara de Vila Velha de Ródão preocupada…

O presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, manifestou hoje preocupação com o funcionamento da empresa Centroliva e sublinhou que os níveis de emissões poluentes continuam inaceitáveis.

23-05-2017 Hits:14 Noticias Regionais

Read more

Empresários lusófonos conhecem em Santar…

Mais de 25 empresários lusófonos de 14 países participam, até quarta-feira, em Santarém, no Encontro de Negócios em Português, iniciativa da Associação Empresarial da Região de Santarém que visa aumentar...

23-05-2017 Hits:14 Noticias Regionais

Read more

MP de Santarém arquiva processo da crian…

O Ministério Público de Santarém arquivou o processo de inquérito relacionado com o desaparecimento de uma criança em Ourém, por "ausência de indícios" de crimes, revela hoje uma informação na...

23-05-2017 Hits:16 Noticias Regionais

Read more

Movimento antinuclear espera reunir 10 m…

O Movimento Ibérico Antinuclear (MIA) prevê reunir no dia 10 de junho, em Madrid, Espanha, 10 mil pessoas na maior manifestação na Península Ibérica contra o nuclear, revelou hoje o...

23-05-2017 Hits:15 Notícias Nacionais

Read more

O site da Ultra FM usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Mais informação aqui.